15/11/2007

Espanha aprova construção de centro cultural de Niemeyer

A prefeitura da cidade de Avilés, no norte da Espanha, aprovou nesta quinta-feira a construção de um centro cultural projetado por Oscar Niemeyer - a primeira obra do arquiteto brasileiro no país. O Centro Cultural Internacional Niemeyer de Avilés, orçado em 30,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 80 milhões), será o maior complexo cultural da Espanha, ocupando um terreno de 222 mil metros quadrados.

A Prefeitura informou que as licitações para a construção acontecerão no próximo mês. A previsão é de que as obras se iniciem em março ou abril de 2008 e sejam concluídas em dezembro de 2009.

O governo espanhol quer que o arquiteto brasileiro, que faz cem anos no mês que vem, esteja presente à cerimônia de colocação da primeira pedra do Centro, que será a sede permanente da Bienal de Arquitetura Ibero-americana.

"É um compromisso que ele (Niemeyer) assumiu conosco e uma honra para todos nós. Seu projeto criou um entusiasmo imenso e o vemos como o nosso Guggenheim, uma vez que já o batizaram de Guggenheim da arquitetura", disse o prefeito de Avilés, Santiago Rodríguez Veja.

A idéia do centro cultural foi dada pelo próprio Niemeyer. O arquiteto doou um projeto à Fundação Príncipe de Astúrias, instituição que oferece uma premiação anual em diversas categorias a personalidades internacionais.


Fonte: BBC Brasil

Um comentário:

a. disse...

isso é verdade, o Brasil, a América Latina tem tantos expoentes, mas só recebem o devido valor como avalizados ou por Europa ou por Estados Unidos, nao que a gente nao tenha dado o devido valor a ele, porque metade dos edifícios públicos de relevância do nosso país existem graças a ele, mas a nova burguesia, a nova geração, acho que prefere mil vezes viajar a europa do que ir a brasília fazer um passeio turístico.

conheço brasileirada que enche a boca pra falar de Miró daquele que pintou o quadro Guernica, super famoso que agora fugiu o nome. mas nem sitam os nossos próprios expoente da pintura. acho que viver muito tempo fora do brasil tá me fazendo mal, estou me tornando demasiado brasilianista ahhahaha