04/01/2009

Não importa que você não saiba árabe, importa que você sinta

Nenhum comentário: